‘Cidade subterrânea’ da 2ª Guerra