São 15 dicas de especialistas que vão ajudar você a cuidar melhor do seu aparelho digestivo.

Vídeo: Erasmo Carlos cair do palco em apresentação
12 de agosto de 2019
Pimenta, mel, chocolate: quais alimentos são afrodisíacos e melhoram o prazer
13 de agosto de 2019

Você tem intolerância a algum tipo específico de alimento?

É alérgico a glúten ou a lactose?

Sofre de problemas estomacais como refluxo e azia?

O jornal inglês The Telegraph publicou um guia completo para cuidarmos bem do aparelho digestivo e evitarmos os desagradáveis ​​problemas intestinais e estomacais.

Aqui estão as dicas:

  • Coma devagar  

Uma das causas mais comuns de sensação de inchaço no estômago é comer estressado, com pressa e sem mastigar os alimentos direito.

  • Descubra a causa correta do seu problema

Muitas pessoas eliminaram alimentos com glúten e os laticínios de suas dietas, mas não têm certeza se é isso que causa o desconforto estomacal nelas.

É preciso retirar gradualmente as substâncias para descobrir quais são realmente os responsáveis ​​pelo desconforto digestivo. 

  • Faça dois minutos diários de gargarejo 

“A digestão começa no cérebro quando o nervo vago, que fica entre o cérebro e o intestino, envia sinais que desencadeiam a produção de ácido gástrico e enzimas digestivas”, explicam os especialistas ouvidos pelo The Telegraph.

Esses sinais podem ser reforçados por gargarejos durante dois minutos por dia com um enxaguante bucal específico ou simplesmente com água.

  • Espere 12 horas entre o jantar e o café da manhã 

O revestimento do trato digestivo é composto de uma única camada de células que são substituídas a cada 72 horas.

Para que as células sejam reparadas e substituídas, é preciso dar um intervalo de 12 horas entre o café da manhã e o jantar.

  • Evite açúcar 

O açúcar alimenta as bactérias nocivas que causam o inchaço e todo tipo de dano ao revestimento do intestino e isso pode gerar muitos problemas.  

  • O excesso de ácido pode não ser a causa de seus problemas 

Muitas pessoas que sofrem de indigestão, refluxo ou azia acreditam que a culpa seja o excesso de produção de ácido.

Mas nem sempre essa é a verdadeira razão do problema.

Tente comer alguma proteína em cada refeição e mastigue bem os alimentos.

Isso ajuda a aumentar a produção de ácido e a digestão correta. 

  • Levante os joelhos quando for ao banheiro 

Não ficamos na posição correta quando vamos ao banheiro.

É que, segundo especialistas, nós não somos projetados para defecar sentado.

Devemos nos agachar endireitando o cólon e reduzindo a pressão. 

  • Coma regularmente 

Para ajudar seu intestino a digerir mais facilmente, coma de três a cinco vezes por dia.

As pessoas que pulam muitas refeições têm maior probabilidade de desenvolver prisão de ventre.

  • Hidrate-se  

Beber muita água é fundamental para melhorar a saúde intestinal.

O intestino é um longo tubo escorregadio e para que ele funcione adequadamente deve estar bem hidratado.

Mas atenção: é aconselhável não consumir bebidas açucaradas em excesso.

Elas alimentam as bactérias intestinais menos saudáveis.  

  • Mastigue bem os alimentos

 Mastigue os alimentos até que estejam perfeitamente liquefeitos ou tenham perdido o sabor.

Antes de colocar outra mordida (ou colher) na boca, certifique-se de que engoliu toda a mordida anterior.

  • Comer mais fibras nem sempre é a solução

A primeira coisa que pensamos quando temos problemas de intestino preso é em comer mais fibras.

Mas se as dificuldades de ir ao banheiro forem resultado de um problema de trânsito lento, a fibra aumentará a dor e a sensação de inchaço. 

  • Evite alimentos processados 

Evite alimentos com adição de produtos químicos, açúcares e ingredientes geneticamente modificados.

Eles podem ter um impacto negativo nas bactérias do intestino e na mucosa gástrica.

  • Coma mais fígado 

Fígado é uma das melhores fontes de vitaminas A e D, que protegem a mucosa do intestino, explica a especialista em nutrição Christine Bailey . 

  • Coma alimentos fermentados 

Queijos crus e laticínios ajudam nosso corpo a fornecer boas bactérias que o intestino precisa para funcionar adequadamente. 

  • Limite o uso de medicamentos 

Cuidado com os antibióticos.

Eles matam as bactérias intestinais e podem interferir no processo digestivo, causando acidez ou refluxo ácido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *