Gleisi Hoffmann é a próxima da fila a ser julgada por crimes de corrupção e lavagem de dinheiro pelo STF

Bolsonaro quer mãe PM que matou ladrão candidata
22 de maio de 2018
Entenda o moivo da cadeira vazia em frente à rainha no casamento real
22 de maio de 2018

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) retoma nesta terça-feira, 22, o julgamento da primeira ação penal que definirá se um acusado da Lava Jato no Supremo será considerado culpado ou inocente – o deputado Nelson Meurer (PP-PR). Logo após a conclusão desta ação penal, a expectativa no STF é de que mais três parlamentares sejam julgados ainda neste ano.

Na fila, está a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), que responde pelos crimes de de corrupção e lavagem de dinheiro. A ação penal já foi liberada pelo relator da Lava Jato, Luiz Edson Fachin, e está em fase final de revisão pelo ministro Celso de Mello. A expectativa é de que seja julgada ainda neste semestre.

Na semana passada, a Polícia Federal concluiu um inquérito sobre a presidente do PT. Segundo os investigadores, foram encontradas evidências de que Gleisi Hoffmann recebeu quase R$ 1 milhão de propina. A Polícia Federal enviou o relatório do inquérito ao ministro do Supremo Tribunal Federal Dias Toffoli, Nele, a senadora petista e o marido, Paulo Bernardo são investigados também pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro desviado da Petrobras.

http://www.imprensaviva.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *