Sport mantém tabu de nunca ter vencido o Grêmio fora de casa

Pescada Gratinada com Coentros
9 de outubro de 2014
Grupo da 3ª de Bom Jardim comemora o dia do Circo.
9 de outubro de 2014

Rômulo Alcoforado/FolhaPE

O roteiro é conhecido pelo torcedor do Sport: fora de casa, o time começa jogando bem, cria chances de gol, desperdiça-as – aí baixa a guarda e permite que o adversário domine e vença o duelo. A história se repetiu nesta quarta (8), no Rio Grande do Sul. O Leão perdeu mais uma longe do Recife, desta vez para o Grêmio (2 x 0) e viu o sonho de alcançar a Libertadores ficar mais distante. Agora, com a derrota contra o Tricolor Gaúcho,10 pontos separam o time pernambucano do G4.

ff

O JOGO – Aos sete minutos, o atacante Neto Baiano se aproveitou de bobeira da zaga gaúcha, roubou a bola e foi derrubado na entrada da área. Ele mesmo foi para a cobrança, encheu o pé e acertou o travessão do goleiro Tiago. Poucos minutos depois, o lateral-direito Patric recebeu dentro da área, sozinho, mas cabeceou fraco.

E aí a coisa voltou a se complicar. No nível da Série A, é quase impossível desperdiçar chances impunemente. O Grêmio passou a dominar o jogo, apertar a saída de bola do Sport e, aos poucos, criando chances de abrir o placar. Conseguiu fazer isso aos 29 minutos, em chute forte do meia Alan Ruiz, de fora da área. Cabe destacar, ainda, a boa jogada do atacante Barcos – que bagunçou a defensa leonina.

No retorno para o segundo tempo, o técnico Eduardo Baptista fez duas mudanças. O meio-campista Ibson ficou na reserva (foi preterido na escalação), mas Felipe Azevedo entrou no lugar de Neto Baiano. E Ananias substitiu Augusto César, surpresa na escalação rubro-negra. As alterações surtiram efeito. O Leão, no começo da segunda etapa, cresceu e passou a assustar.

Mas, como novamente não marcou, acabou sendo punido mais uma vez. Em contra-ataque mortal, aos 30, Giuliano lançou o veloz Dudu, que ganhou da defesa rubro-negra, driblou Magrão e definiu o marcador: 2 x 0. O Sport, nos 15 minutos finais, tentou se recuperar. Mas não conseguiu diminuir o placar.

Ficha

Grêmio 2

Tiago; Pará, Rhodolfo (Bressan), Geromel e Zé Roberto; Fellipe Bastos, Ramiro, Alán Ruiz (Giuliano) e Fernandinho (Wallace); Dudu e Barcos.. Técnico: Luiz Felipe Scolari

Sport 0 

Magrão; Patric, Henrique Mattos, Durval e Renê; Wendel, Rithely, Augusto (Ananias), Danilo (Mike) e Diego Souza; Neto Baiano (Felipe Azevedo). Técnico: Eduardo Baptista

Local: Arena do Grêmio (Porto Alegre-RS)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Assistentes: Rodrigo F. Henrique Corrêa e Luiz Claudio Regazone (RJ)

Cartões amarelos: Geromel, Giuliano e Wallace (Grêmio) Wendel (Sport)

Gols: Alan Ruiz (aos 29 do1T) e Dudu (aos 30 do 2T) para o Grêmio

http://www.folhape.com.br/blogdeprimeira/?p=103614

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *