Consumidor pode pagar menos por energia fora de horário de pico

Reduzir os sintomas da menopausa, tome estes remédios naturais
30 de dezembro de 2019
Suposta aparição de Nossa Senhora em gruta atrai centenas de fiéis.
30 de dezembro de 2019

Tarifa branca consiste na redução do preço da energia fora do horário de pico, também chamado de horário de ponta e envolve três faixas de valores

A mudança não valerá apenas para unidades residenciais consumidoras da subclasse de baixa renda, atualmente tarifadas em condições vantajosas. Esse modelo de tarifação é aplicado em países como Canadá, Austrália, Itália, França e Reino Unido.

Adesão
Cada concessionária de energia estabelece o horário de ponta. Para aderir à tarifa branca, o consumidor precisará formalizar a opção na distribuidora a partir de janeiro. A empresa instalará um novo medidor de energia capaz de registrar o consumo nas diferentes faixas horárias.

O consumidor deverá prestar atenção antes de optar pela tarifa branca. Isso porque a adesão envolve mudanças de hábito, como usar aparelhos que consomem mais energia, principalmente o chuveiro elétrico, fora dos horários de pico. Caso o cliente não preste atenção e mantenha o consumo no horário de ponta, poderá fechar o mês com a conta mais cara.

Confira os horários da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), responsável pela distribuição de energia no Estado:
 Horário de Ponta – das 17h30min00s às 20h29min59s
• Intermediário – das 16h30min00s às 17h29min59s e das 20h30min00s às 21h29min59s
• Fora de ponta – das 21h30min00s às 16h29min59s

Fonte – https://www.folhape.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *