Ciro Gomes deixou Haddad na mão, viajou para Paris e parece que não volta tão cedo

Sexóloga do Altas Horas Afirma: É a forma mais rápida e segura de acabar com a disfunção masculina
22 de outubro de 2018
Enem: estudantes podem confirmar inscrição a partir de hoje
22 de outubro de 2018

Após ter sua candidatura pelo PDT à Presidência sabotada pelo ex-presidente Lula de dentro da cadeia, Ciro Gomes, deixou o candidato do PT, Fernando Haddad na mão e viajou para Paris, na França, logo após sua derrota no primeiro turno da eleição.

Segundo a Folha, Ciro Gomes fou flagrado andando tranquilamente neste final de semana com a mulher, Gisele, na estação Chatelet do metrô de Paris. De acordo com a publicação, Ciro foi abordado pela brasileira, Érika Campelo, diretora de uma associação cultural. Ao ser indagado “Por que você não está no Brasil?”, Ciro disse, segundo Érika, que “realmente está muito difícil” e que o Brasil “está doente”. “Mas eu estou muito cansado. Estou batalhando há três anos. E não dá mais”, seguiu.

“Ainda segundo Campelo, Ciro disse também que o PT “errou” porque preferiu “disputar com Bolsonaro no segundo turno”.

Questionado por Érika se ele gostaria de ter tido o apoio do PT, o pedetista elogiou Fernando Haddad. Mas afirmou que a esquerda deveria ter debatido para saber quem seria o melhor candidato para o momento”.

Ciro deu o troco em Lula e no PT.

Com informações da Folha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *