Candidatura Lula: caciques do PT admitem; luta acabou

Barroso proíbe PT de apresentar Lula como candidato
10 de setembro de 2018
Quem é Dias Toffoli, o polêmico ministro que vai assumir o comando do STF
10 de setembro de 2018

Embora o PT tenha recorrido ao TSE para prorrogar o prazo para substituir Lula na eleição, integrantes da cúpula da sigla admitem que a luta “acabou”. A previsão é a de que a executiva do partido chancele em ata, na terça (11), data limite para a substituição do ex-presidente, a troca por Fernando Haddad (SP).

No mesmo dia, o PC do B, de Manuela d’Ávila, que assumirá a vice na chapa petista, vai reunir sua executiva em São Paulo. A ideia é não fazer um grande evento em respeito a Lula, que está abalado. Roteiro traçado hoje no PT prevê atos pelo país na quinta (13).

Postergar a troca, avaliam petistas, seria entrar em zona de risco perigosa. O script completo da substituição será definido nesta segunda (10), durante encontro de Lula e Haddad.  (Danila Lima – Painel – Folha de S.Paulo)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *