Câmeras registram tiroteio em assalto a carro-forte. Assista

13 de fevereiro de 2019
Após 17 dias, Bolsonaro recebe alta e deixa hospital
13 de fevereiro de 2019

Durante a investida, um vigilante foi assassinado e outras três pessoas ficaram feridas, incluindo um dos suspeitos

As câmeras do circuito de segurança da Caixa Econômica Federal da Avenida Herculano Bandeira, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, registraram o instante em que suspeitos assaltam um carro-forte utilizado para abastecer a agência na manhã desta quarta-feira (13). No tiroteio, o vigilante José da Silveira Trajano, de 50 anos, foi assassinado e Luciano tenório, 52, também vigilante, acabou baleado na perna. Um dos suspeitos também foi atingido por disparos e foi preso quando tentava fugir a pé. Um terceiro ferido seria um motociclista que passava pelo local no momento da investida, mas não há informações sobre seu estado de saúde.

O trabalhador e o suspeito, identificado como José Geraldo Cordeiro da Silva e que está custodiado, foram levados para o Hospital da Restauração, no bairro do Derby, e foram submetidos a cirurgias nesta tarde. De acordo com o Sindicato dos Bancários, os demais integrantes do bando conseguiram escapar com R$ 260 mil.

Pelas imagens, é possível ver que a troca de tiros começa às 10h14 e dura cerca de um minuto. Um dos vigilantes tenta impedir o roubo se aproximando de um dos carros utilizados pelos suspeitos no meio da rua, no entanto, ele é baleado na perna e cai. Enquanto isso, outro vigilante que está na calçada da agência é executado por um dos homens do bando trajando uma camiseta branca. Em seguida, o suspeito entra dentro de um segundo carro da quadrilha, um Jeep Renegade. O veículo foi abandonado em frente ao Edifício Clinical Center Karla Patrícia, na Avenida Domingos Ferreira. Apenas o suspeito baleado foi preso, os demais conseguiram escapar com o malote.

Confira as imagens do circuito interno da agência

O vigilante Luciano Tenório teve uma fratura na tíbia, passou por cirurgia e já está na sala de recuperação. O estado de saúde dele é considerado estável. José Geraldo também passou por procedimento cirúrgico, mas o quadro é considerado grave.

A Secretaria de Defesa Social adiantou que a Força-tarefa Bancos vai apurar a investida. “O fato ocorreu por volta das 10h, quando os vigilantes desceram do carro-forte com malotes para abastecer a unidade da Caixa Econômica Federal. Uma guarnição da Radiopatrulha foi acionada e conseguiu prender um suspeito, que tentava escapar. Ferido no confronto com os vigilantes, o suspeito foi levado pela PM para a UPA da Imbiribeira. Ele é foragido do sistema prisional e responde por vários crimes”, informou. Devido à gravidade do ferimento, José Geraldo foi levado para o Hospital da Restauração.

Equipes do 19º Batalhão da PM, com o apoio de unidades especializadas da corporação, e equipes da delegacia de Roubos e Furtos, chefiada pelo delegado Vinicius Notari, seguem em busca de pistas que levem aos outros integrantes da quadrilha.

Força-tarefa Bancos

Integrada pelas polícias Civil, Militar, Científica e representantes dos bancos, entre outros órgãos, a Forta-Tarefa Bancos tem, segundo o Governo de Pernambuco, obtido resultados importantes na redução das investidas a instituições financeiras. Em janeiro de 2019, não houve nenhum roubo a carro-forte. O mês passado também não registrou casos de explosão a banco ou caixa eletrônico. Também no primeiro mês do ano, cinco assaltantes de banco foram presos pelas polícias de Pernambuco. Em 2018, mais de 30 quadrilhas especializadas nesse tipo de ação foram desarticuladas.

Por sua vez, o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, até o momento, contabilizou 12 investidas criminosas contra instituições bancárias neste ano: seis assaltos, quatro casos de estelionato, um arrombamento e uma invasão. Em 2018, foram registradas 190 ações criminosas do tipo. O número representa um aumento de 3% em relação ao ano anterior, que registrou 185 casos.

Fonte – https://www.op9.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *