10 árvores vivas mais antigas do mundo

Setembro Amarelo: O que não dizer para uma pessoa que pensa em suicídio?
4 de setembro de 2019
Gebran nega anexar diálogos vazados da Lava Jato à defesa de Lula
4 de setembro de 2019
Elas têm milhares de anos e são conhecidas como as árvores mais antigas do planeta Terra.

Quando pensamos nas árvores, é fácil fazer uma associação com a vida.

Afinal de contas, elas também são responsáveis pela oxigenação do planeta, nos fornecem alimentos e, muitas vezes, a cura para problemas de saúde.

Por isso, merecem todo nosso respeito.

Não são raras as vezes que as pessoas se impressionam com a formosura de uma árvore frondosa.

Se você já parou no meio do caminho para tirar foto com uma árvore, sabe bem do que estamos falando.

Agora imagine se deparar com uma das dez árvores vivas mais antigas do mundo.

Para você ter ideia, algumas delas já têm milhares de anos!

Se elas pudessem falar…

Talvez nos contassem sobre a ascensão e a queda das civilizações, sobre mudanças climáticas e tantos outros acontecimentos que marcaram a história do mundo.

Neste post, falaremos um pouco sobre as dez árvores vivas mais antigas do planeta Terra.

Confira:

Matusalém

Esta árvore se localiza nas Montanhas Brancas da Califórnia, mas não há nada que a identifique entre as outras do bosque, isso para evitar vandalismo.

Para você ter ideia, acredita-se que a árvore tinha mais ou menos 1.350 anos quando o faraó Ramsés II nasceu (em cerca de 1.300 a.C.).

O que a torna tão resistente é fato de ela crescer muito de vagar e ter uma madeira densa e resinosa.

Ou seja, é difícil ser invadida por insetos, fungos e outras pragas.

Sarv-e Abarqu

Esta árvore fica no Irã e tem, no mínimo, 4.000 anos.

Não por acaso, ela é considerada um monumento nacional do país.

Provavelmente, a Sarv-e Abarqu seja o ser vivo mais antigo da Ásia.

Llangernyw Yew

Esta árvore se localiza num pequeno cemitério no norte de Gales.

Ela também tem algo em torno de 4.000 anos.

Ou seja, foi plantada durante a Idade do Bronze, na Pré-história, e continua crescendo, acredite!

Alerce ou cipreste-da-patagônia

O nome científico desta árvore é Fitzroya cupressoides.

Sua espécie é nativa da Cordilheira dos Andes, e a mais antiga tem 3.646 anos.

Não dá para saber bem quanto tempo uma cipreste-da-patagônia vive, infelizmente, esse tipo de árvore foi muito explorado entre os séculos XIX e XX.

No entanto, há quem acredite que ela é a segunda árvore que pode viver mais tempo na Terra, a primeira seria o pinheiro bristlecone, da América do Norte.

Patriarca da Floresta

O jequitibá-rosa pertence à espécie Cariniana legalis, conhecida como “Patriarca da Floresta” no Brasil.

Acredita-se que sua idade seja de cerca de 3.000 anos.

Na Amazônia, ela é uma árvore considerada sagrada.

O Senador

Em 2012, esta árvore sofreu um terrível incêndio.

Apesar de não ter resistido, ela foi tão especial que merece estar na lista.

Isso porque se tratava da maior árvore cipreste calvo dos Estados Unidos, e provavelmente a mais antiga de sua espécie.

Acredita-se que ela tenha vivido por 3.500 anos.

A pobre árvore presenciou muitos furacões, incluindo o de 1925, que chegou até a reduzir a altura dela.

Oliveira de Vouves

Esta árvore se localiza na ilha de Creta.

Ela certamente tem entre 2.000 e 3.000 anos.

É impressionante, ela ainda dá frutos!

Suas azeitonas são muito valorizadas.

O segredo para uma vida tão longa é a incrível resistência à seca, doenças e até ao fogo.

Jomon Sugi

Esta árvore se localiza em Yakushima, no Japão.

Foi descoberta em 1968 e está em um localidade nomeada Patrimônio Mundial pela Unesco.

Essa árvore tem pelo menos 2.000 anos, e alguns especialistas acreditam que ela pode ter 7.000 anos.

Se isso for verdade, ela é a árvore mais antiga do mundo.

Castanheiro dos Cem Cavalos

Este é o maior e mais antigo castanheiro do mundo.

Ele fica no Monte Etna, na Sicília.

E, para quem não sabe, este é um dos vulcões mais ativos do mundo.

A árvore simplesmente fica a apenas 8 km da cratera de Etna.

Especula-se que o Castanheiro dos Cem Cavalos tenha entre 2.000 e 4.000 anos.

O nome se originou de uma lenda que diz que cem cavalos conseguiram se proteger de uma forte tempestade bem debaixo desta árvore.

General Sherman

Acredita-se que esta árvore tenha 2.500 anos de idade.

Ela é gigante!

Só a largura do tronco já garante o título de “a maior árvore mais volumosa do mundo”.

Fonte – https://www.curapelanatureza.com.br/as-10-arvores-vivas-mais-antigas-do-mundo-atualizado/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *